O que cai na prova Agente Educador RJ?

Uma grande oportunidade foi aberta na cidade do Rio de Janeiro para candidatos de nível médio completo. São nada menos que 400 vagas para o cargo de Agente Educador II RJ no concurso Prefeitura do Rio de Janeiro (SME-RJ).

Como estudar para o concurso Agente Educador RJ?

A concorrência deste concurso será bastante acirrada, mas não fique preocupado, começando seus estudos agora e com muita dedicação uma das 400 vagas poderá se sua.

No início de minha vida de concurseira encontrei muita dificuldade para entender os editais, e sei que muita gente enfrenta esse mesmo problema. Diante disso, procuro escrever artigos objetivos e claros sobre o que cai na prova com todas as matérias que compõe o conteúdo programático.

Além disso, no final deste artigo você poderá conferir algumas dicas de como ser aprovado as quais me ajudaram muito em minhas conquistas.

Confira material completo e 100% de acordo com o edital

Então vamos lá, o que cai na prova Agente Educador RJ:

O que cai na prova Agente Educador RJ?

LÍNGUA PORTUGUESA

1. Compreensão e interpretação de texto contemporâneo. 1.1 Estrutura do texto em função do modo de organização (descrição, narração, argumentação, injunção). 1.2 Localização de informações explícitas. 1.3 Inferência de informações implícitas 1.4 Significado de vocábulos e expressões no contexto. 1.5 Uso e função de diferentes recursos gramaticais e discursivos tendo em vista o gênero de texto e a intenção comunicativa. 2. Adequação da língua ao contexto de uso. 2.1 Redação e reescrita de frases. 2.2 Uso coloquial e escrito; informal e formal. 3. Ortografia oficial. 3.1 Acentuação gráfica. 3.2 Emprego de letras. 4. Uso e função das diferentes classes gramaticais na construção de sentido do texto escrito. 4.1 Artigo, numeral e substantivo. 4.2 Pronomes. 4.3 Advérbio e adjetivo. 4.4 Preposição. 5. Flexão verbal. 5.1 Efeitos de sentido de tempos, modos e vozes verbais. 5.2 Concordância verbal. 6. Flexão e concordância nominal. 7. Regência nominal e verbal. 7.1 Ocorrência de crase. 8. Relações de sentido entre orações e segmentos de texto. 8.1 Identificação de relações lógicas estabelecidas por conectores que conferem coesão e coerência ao texto. 9. Emprego dos sinais de pontuação.

O edital traz ainda uma observação muito importante, veja: “A prova priorizará a consciência no uso da língua portuguesa escrita e não a nomenclatura gramatical.”

MATEMÁTICA

1. Sistemas de numeração. Número primo, algoritmo da divisão. Critérios de divisibilidade; Máximo divisor comum (entre números inteiros); Mínimo múltiplo comum (entre números inteiros). 2. Conjuntos Numéricos: operações: adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e radiciação nos conjuntos numéricos; Propriedades dessas operações; Médias (aritmética simples e ponderada). Módulo; Desigualdades; Intervalos; Sistemas de medida. 3. Proporcionalidade: razões e proporções: propriedades; Regra de três simples e composta; Percentagem; Juros simples. 4. Relações e Funções: relações binárias; Domínio, contradomínio, imagem direta de funções; Gráficos de relações; Funções: definição e representação; Funções crescentes, decrescentes e periódicas; Função inversa. 5. Funções afins, lineares e quadráticas – propriedades, raízes, gráficos. 6. Exponenciais e Logaritmos: funções
exponenciais e logarítmicas; propriedades e gráficos. Mudança de base; Equações e inequações exponenciais e logarítmicas. 7. Trigonometria no triângulo retângulo; Funções trigonométricas: seno, cosseno, tangente, cotangente; propriedades e gráficos; Equações trigonométricas. 8. Sequências: progressões aritméticas: termo geral, soma dos termos, relação entre dois termos, propriedades; Progressões geométricas: termo geral, relação entre dois termos, soma e produto dos termos, propriedades. 9. Análise Combinatória: princípio fundamental da contagem; Arranjos, permutações e combinações simples e com repetições; Binômio de Newton; Triângulo de Pascal. 10. Matrizes e Sistemas Lineares: operações com matrizes: adição, subtração e multiplicação; Propriedades dessas operações; Sistemas lineares e matrizes; Resolução, discussão e interpretação geométrica de sistemas lineares. 11. Geometria Plana: curvas. Ângulos. Triângulos e quadriláteros; Igualdade e semelhança de triângulos. Relações métricas nos triângulos. Círculos e discos; Polígonos regulares e relações métricas; Feixes de retas; Áreas e perímetros. 12. Geometria Espacial: retas e planos no espaço: paralelismo e perpendicularidade entre retas, entre retas e planos e entre planos; Prismas e pirâmides; Cálculo de áreas e volumes; Cilindro, cone, esfera e bola: cálculo de áreas e volumes; Poliedros e relação de Euler. 13. Geometria Analítica: coordenadas cartesianas. Equações e gráficos. Distância entre dois pontos; Estudo da equação da reta: interseções de duas ou mais retas (no plano); Retas paralelas e perpendiculares, feixes de retas; Distância de um ponto a uma reta, áreas de triângulos, circunferências e círculos. 14. Números Complexos: módulo, argumento, forma algébrica; Operações com números complexos: adição subtração, multiplicação, divisão e potenciação. 15. Polinômios: conceitos; Adição e multiplicação de polinômio; Algoritmos de divisão; Fatoração. Equações polinomiais; Relações entre coeficientes e raízes. Raízes reais e complexas; Raízes racionais e polinômios com coeficientes inteiros. 16. Estatística básica: conceito, coleta de dados, amostra; Gráficos e tabelas: interpretação. Média (aritmética simples e ponderada), moda e mediana; Desvio padrão. 17. Probabilidades: espaço amostral; Experimentos aleatórios; Probabilidades.

ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

Lei nº 8.069/90 de 13/07/1990 e atualizações. Baixe aqui

Como ser aprovado no concurso Agente Educador RJ?

Mesmo com um número expressivo de vagas, muitas pessoas vão desistir assim que iniciarem os estudos. Estudar para concurso público não é fácil, exige muita disciplina do concurseiro e falo isso com propriedade, pois passei vários anos de minha vida me preparando.

Uma dica básica para quem vai iniciar é montar um bom cronograma de estudos, colocando nele seus horários e matérias para que não fique sem estudar nenhuma delas. Se você não sabe montar o seu confira este artigo Ciclo de Estudos, com ele será mais fácil montar e seguir seu cronograma.

Outro ponto que no começo “bati a cabeça até aprender”, foi na escolha de bons materiais. Por sempre estar com pouco dinheiro, tentava buscar as matérias por conta própria e isso me prejudicou muito. Foram horas, dias perdidos que teriam acrescentados no meu cronograma. Mas enfim, pelas experiências que tive, hoje posso dizer que uma das editoras que mais me identifiquei foi as Apostilas Opção, que traz materiais de qualidade por preço justo em relação ao mercado de apostilas, você deve conferir 😉

# Dicas 

Separei aqui algumas ficas que fizeram grande diferença na minha vida de concurseira, vamos a elas:

1 – Tenhas boas noite de sono: sei que isso nem sempre é possível, mas tente organizar seus horários de forma que você consiga dormir entre 6 e 8 horas por noite. A qualidade do sono trará benefícios para sua concentração.

2 – Organize seus estudos – como já mencionei antes, ter um cronograma de estudos será a base para uma preparação mais eficaz e consolidada.

3 – Faça revisões e exercícios – essa é uma dica valiosa, muitos concurseiros confessam que fizeram milhares de exercícios e que isso foi peça-chave para serem aprovados. As revisões são tão importantes quanto, pois ajudam a memorizar o que foi aprendido.

4 – Materiais de Estudo – procure por materiais que estejam de acordo com o edital publicado, que tragam exercícios para praticar e que sejam de fácil manuseio, como já citei se você procura qualidade e bom preço as Apostilas Opção são as melhores.

5 – Pratique atividades físicas – isso pode parecer bobagem, mas acreditem a prática de exercícios também ajuda na concentração, auxilia o cérebro e o corpo, experimente.

Confira material completo e 100% de acordo com o edital

Se você não é adepto a exercícios físicos, procure fazer ao menos uma caminhada algumas vezes na semana, isso o ajudará bastante. Se já é um atleta continue 🙂

6 – Local de estudos – busque estudar em um local tranquilo, silencioso, bem iluminado e limpo.

Confira o que faz um Agente Educador.

Aproveite essa dicas do que cai na prova do concurso Agente Educador RJ, inicie sua preparação, dedique-se e, em breve, será aprovado!

Bons estudos! 😉